terça-feira, janeiro 09, 2007

Egas Moniz e o Prémio Nobel (1)



Acaba de saír, editado pela Impreensa da Universidade de Coimbra, "Egas Moniz e o Prémio Nobel, - enigmas, mistérios e segredos". Segue um extracto da sinopse:

"Este livro traz a público três contribuições principais, extraídas da investigação em curso: uma abordagem problematizadora das questões históricas e sociológicas envolvidas no processo que levou Egas Moniz a ser agraciado com o Nobel da Medicina ou Fisiologia, em 1949, (ex-aequo com o fisiólogo suíço Walter Rudolf Hess); uma cronologia das nomeações de Moniz para o Prémio, iniciada em 1928, logo após a apresentação e publicação dos resultados do que viria a ser a Angiografia Cerebral, e prosseguiu com as nomeações de 1933, 1937, 1944 e, com a nomeação coroada de sucesso, de 1949; e, ainda, um conjunto de documentos de inegável interesse, que são as avaliações dos méritos do candidato, elaboradas por membros destacados pelo Comité Nobel com vista à emissão de pareceres e recomendações finais. De acordo com o regulamento da Fundação, estes documentos são conservados com a classificação de “secretos” nos Arquivos Nobel, durante os 50 anos subsequentes à sua datação."

A tradução da documentação histórica é de Teresa Guerra, a quem agradeço, uma vez mais, a competência, a solidariedade e a simpatia.

5 comentários:

Jú Borges C. disse...

o meu maior prazer seria poder observar as rugas de expressão que criaria a leitura desta obra no próprio Egas. Não sendo tal possivel para lá da minha imaginação, espero por ver/ouvir as "rugas"/reacções que surgiram nos que ainda as podem ter.
Parabéns, Manuel :)

Inácio Videira disse...

Também quero aproveitar a oportunidade para enviar os parabéns ao Manuel Correia. É claro!

Manuel Correia disse...

Deveras sensibilizado, agrdeço a ambos.

Mendez disse...

Talvez, não soubesse mas o Prof. Egas Moniz foi sócio da Academia das Ciências de Lisboa. Gostaria de lhe informar que a Biblioteca da Academia das Ciências tem como uma das novidades do mês de Março o seu livro

Ana Luísa disse...

olá

Gostei muito do livro que me mandou para a Fcul, com palavras e memórias simpáticas.

Gostei muito de o ler.

BOM TRABALHO, de facto.

Ana Luísa Janeira